Caneta e Papel

(com qualquer ou nenhuma inspiração.)

07 anos depois… a imagem é autoexplicativa. Afinal, você lembra que tem um blog e começa a se rememorar. Mas o que me trouxe aqui, mesmo, é a necessidade de escrever sobre aquilo que, às vezes, pesa demasiadamente (ou não pesa nada, mas assim mesmo o serumaninho quer botar pra fora, rs). E quanta coisa …

Continue lendo

Gente, o que foi aquele show do Sir Paul Mccartney transmitido pela Globo? Uma emoção indescritível! Não tem preço ouvir um Beatle cantar.. Beatles. Chorei, o coração queria soltar pela boca, afinal tenho déjàvus com as músicas dos besouros since 1993, rsrs. E o que era o Morumbi uníssono em Yesterday? Live and let die …

Continue lendo

O tempo parou? Nãã.. ele continua aí, rolando. Voando. Esqueci um bocadinho daqui novamente. Tudo por uma boa causa: vivendo a vidinha real. Do último post até hoje aconteceram tantas coisas. A Dilma se elegeu, os mineiros chilenos voltaram do fundo da Terra, meu cachorro de 17 anos quaaase me deixa, voltei a estudar com …

Continue lendo

Muito. Tanta coisa. Nem imaginava. Mas foi. Verdade. É. Muita alma. Espírito barulhento. Beleza. Um verdadeiro poço. Imenso. Transbordante. Muito. Desafiador. Intrigante. Um anzol nos meus olhos. Razão e emoção negociam cada palmo. Noites. Dias. Sussurros. Meu. Incertamente certo. Aprendiz. Força. Caindo do céu. Marcas. Conquista Sonho. Pressentindo. Transmito. Recebo. Redemoinhos de pensamentos. Mais dias. …

Continue lendo

Mais..hein? Hoje também é dia do Rock, certo? Não sou lá a coisa mais roqueira do mundo, mas já foi o tempo que achava isso coisa de marginal. Não sei explicar que leseira era essa. Mas acabou. Ainda bem. O bom da vida é reconhecer o quanto somos “tapados” e melhorar, que é o mais …

Continue lendo