Caneta e Papel

(com qualquer ou nenhuma inspiração.)

Uma coisa de louco: tão diferentes e tão afins.
Queria ser encontrada e ele dizia não acreditar que pudesse ser novamente conquistado.
Eu nem percebia; ele tentava chamar minha atenção de todas as formas.
Quis desistir de mim, me subestimou com certeza, pagou pra ver.
Quando me toquei, busquei entender o que era e também paguei pra ver.
Não me arrependi nenhum milímetro. E foi só um beijo, num forró (que eu nem gostava, ele me influenciou).
Os ‘nunca’ que eu me garantia caíram por terra. Mas nem todos.
Tem um que volta e meia me deixa paralisada em pensamentos.
Alguma coisa ficou fora do lugar?
Eu? Talvez não.
O que, então?
Hoje acordei com a certeza de que finalmente estou amando alguém nessa vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: