Caneta e Papel

(com qualquer ou nenhuma inspiração.)

Quais são os seus limites? Até onde eles chegam? Você vai muito além deles?

Tenho me perguntado isso. É verdade que na teoria eu já sabia, mas na prática tenho descoberto que os limites sou eu quem faço. Quero dizer, minhas limitações estão apenas na mente. Quanto mais limitado o pensamento, mais limitadas as fronteiras.

Já ultrapassei limites sem saber. Limites que julguei intransponíveis. Enormes muralhas que viram murinhos diante de outros limites que possuem o tamanho que eu julgar conveniente.

E tirando os limites pétreos de não matar e não roubar nem passar como rolo compressor sobre a vida de alguém, já não sei se tenho vontade de ter mais limites.

Vamos ver no que é que dá.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: