Caneta e Papel

(com qualquer ou nenhuma inspiração.)

“Mulher que fuma, bebe, fala palavrão e senta de perna aberta não casa!” (Maria Luíza Menezes) fazendo de conta que isto é verdade e partindo do príncipio de que não faço nada disso, irei casar? 😯

Morena Tropicana Alceu Valença Da manga rosa Quero gosto e o sumo Melão maduro, sapoti juá Jaboticaba teu olhar noturno Beijo travoso de umbú cajá… Pele macia Ai! carne de cajú Saliva dôce Dôce mel Mel de uruçú… Linda morena Fruta de vez temporana Caldo de cana caiana Vem me desfrutar Linda morena Fruta de …

Continue lendo

Sí, sí, cumpleaños de mi ‘blog’. 😀 (..y yo había olvidado de eso. :x) Acabei de lembrar que ontem esse espacinho completou um 1 ano de sobrevida (mentira, fui olhar lá nos arquivos pra poder reavivar a memória, hehe). E o que isso importa? Realmente, não importa nada e nem vai mudar a vida de …

Continue lendo

Há dias, momentos como agora, que minha única vontade é enfiar a cabeça entre os braços e deixar as lágrimas rolarem avulsas. Pelo menos elas podem se libertar (e libertar a dona delas, de quebra.) A cabeça dói muito. São 10 mil pensamentos simultâneos, problemas e a consciência de que só dependo de mim mesma …

Continue lendo