Caneta e Papel

(com qualquer ou nenhuma inspiração.)

“E as lágrimas que choro, branca e calma, Ninguém as vê brotar dentro da alma! Ninguém as vê cair dentro de mim!“ Chorar faz um bem danado. Lava a alma, leva consigo a dor, seu rolar pelo rosto são as marcas que a dor vai deixando, por não querer nos abandonar. Choro facilmente. Choro assistindo …

Continue lendo

Poisé.. Não gosto de fracassar. E quem gosta? Em outros tempos diria que detestava, mas após tantas cabeçadas já consigo lidar um tantico melhor com o seco que certas vezes preciso engolir. Hoje, mais um round contra um “leão”. Só estou usando o ‘mais um’ para não deixar que a cegueira domine. Ainda não tem …

Continue lendo

Ontem, no msn, uma mensagem inesperada. Mais uma das várias que há tempos não levo a sério. Daí que veio a mente uma frase, dita num certo tom irônico: ‘Você é muito previsível.‘ Letrinhas cravadas na minha memória. ‘Sei exatamente aquilo que vais fazer e como vais reagir. Nunca erro.’, foram as palavras complementares (ou …

Continue lendo