Caneta e Papel

(com qualquer ou nenhuma inspiração.)

Você já perdeu? Quantas vezes já tiveste que encarar uma perda? E várias, ao mesmo tempo? Em algum momento, já tiveste que escolher a opção ‘perder’? Ou te forçaram àquela perda?

A gente passa por isso, sempre. Todas as alternativas acima têm respostas afirmativas saindo de minha boca. E todas acontecendo nesse tempo. Não sei especificar que situação é pior, pois para mim elas tem proporções semelhantes: doem, machucam, revoltam, entristecem, amedrontam, desacreditam.

photo_288_20051030.jpgNo entanto, sei que a mais sofrida é a perda que se escolhe. Decidir por perder, sabendo que as chances de ganhar se mostram remotíssimas, é o que mais me deixa pra baixo. Parte de mim não quer, mas a racionalidade grita forte cada vez que vejo algo me atravessando feito lâmina. É o amor-próprio se vendo em agonia.

O notebook, a câmera digital, o mp3 player são perfeitamente substituíveis. Mas aquilo que preciso deixar ‘escapar entre os dedos’ não é encontrado facilmente. Não para mim.

Deve ser por isso que eu demore tanto pra aceitar essa condição. Tanto.. 😥

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: